Mudanças passam a ser válidas para o FIES 2018 segundo semestre

Fies inscrições no financiamento começam nesta segunda feira 16 FOTO 1 300x200 - Fies: inscrições no financiamento começam nesta segunda-feira (16)

A partir desta segunda-feira (16), será iniciado o período de inscrição no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Estudantes interessados devem fazer a inscrição FIES 2018 até às 23h59 do dia 22 de julho, no horário de Brasília (Distrito Federal), no site Fies Seleção. O edital foi anunciado na última terça-feira (10) em publicação no Diário Oficial da União. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), devem ser ofertadas aproximadamente 155 mil novas vagas para a segunda edição do ano.

Participar do Fies 2018.2 requer do estudante o cumprimento de pré-requisitos: é preciso ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010 e ter alcançado, no mínimo, 450 pontos nas provas além de nota acima de zero na redação.

No Fies 2018 segundo semestre, existem três modalidades distintas. A modalidade I do Fies oferta juros zero pelo Governo Federal desde que o estudante tenha renda familiar mensal de até três salários mínimos por pessoa. Será concedido o financiamento mínimo de 50% e o teto de R$ 42 mil por semestre. A segunda é o P-FIES, que subdivide-se nas modalidades II e III. O financiamento é feito por instituições financeiras. Estão inclusos nas modalidades estudantes com renda mensal familiar per capita de até cinco salários mínimos.

Resultado Fies 2018

O resultado Fies 2018 será anunciado em 27 de julho, uma semana após o encerramento das inscrições. Os aprovados na chamada única terão até 31 de julho para comprovar as informações. Candidatos não pré-selecionados nesta etapa serão inscritos por ordem de classificação na lista de espera a fim de preencher as vagas não ocupadas. A modalidade P-FIES não inclui lista de espera.

Mudanças no Fies 2018

No início de junho deste ano, foram anunciadas mudanças na dinâmica de financiamento, que serão válidas já para a segunda edição deste ano. O MEC anunciou aumento do teto de financiamento das modalidades, que passará a ser similar ao existente antes do Novo Fies. Antes, o valor máximo equivalia a R$ 30 mil por semestre, ou seja, o equivalente a R$ 6 mil por mês. Com o aumento, o teto passará a ser R$ 42.983 – aproximadamente R$ 7.163 mensais. A mudança é válida para o Fies público (modalidade 1) e, em termos percentuais, irá representar um aumento de 43,27% na quantia financiável.

Fonte: Ascom Educa Mais Brasil