Dos mais de 39 mil estudantes da capital da Paraíba cuja presença escolar foi acompanhada por estarem inscritos no Bolsa Família, 96,2% cumpriram as metas de frequência em sala de aula. O número supera a média nacional, que foi de 95%.

O índice positivo demonstra a evolução no trabalho de acompanhamento. A expectativa é de que nos próximos meses os números sigam em progressão. “Acompanhamos a frequência escolar cinco vezes ao ano e esse foi o resultado dos meses de fevereiro e março de 2018. É o melhor número no período desde 2007”, destaca o diretor de Condicionalidades do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Eduardo Pereira.

Das 27 capitais, todas tiveram índices superiores à meta e 16 superaram a média nacional. A presença escolar dos alunos de 6 a 17 anos é uma das condições para a família continuar a receber o auxílio financeiro. A frequência deve ser de 85%, no mínimo, para crianças e adolescentes de 6 a 15 anos e de 75% para jovens de 16 e 17 anos.

MaisPB