gte-cz13-6-18

O Grupo Tático Especial de Polícia Civil de Cajazeiras cumpriu na tarde desta quarta-feira (13), um mandado de prisão contra o dentista Manuel Luiz de Ar

O mandado foi expedido pelo juiz Antonio Eugênio Leite Ferreira Neto, da 2ª Vara de Itaporanga, no Vale do Piancó.

De acordo com informações da Polícia Civil, o cumprimento do mandado se deu no centro da cidade de Cajazeiras.

A polícia explicou que o dentista é acusado de estupro, ocorrido na cidade de Coremas.

Segundo a denúncia do Ministério Púbico, o dentista teria praticado o crime de estupro contra a enteada, na época com 14 anos de idade, entre os anos de 2002 a 2005.

DIÁRIO DO SERTÃO