politica

Apesar de ainda contar com o apoio de Manoel Junior (PSC) à candidatura Lucélio Cartaxo (PV) ao Governo do Estado, o prefeito pessoense Luciano Cartaxo (PV) afirmou, nesta segunda-feira (21), que chapa do seu irmão não tem espaço para o vice-prefeito disputar o Senado. Manoel insiste que disputará vaga de senador e dá sinais claro de distanciamento do grupo político Cartaxista.

Apesar disso, Luciano insiste na tese das ‘discussões’ como forma de manter-se unido ao ex-emedebista. “Vamos continuar trabalhando pra que a gente possa, no momento oportuno, no período das convenções, ter a chapa completamente definida e unir forças em favor da Paraíba. Temos uma chapa que está sendo construída, temos dois senadores que têm o direito legítimo da reeleição porque estão exercendo o mandato de senador”, disse ele referindo-se a Cássio Cunha Lima (PSDB) e Raimundo Lira (PSD).

Sobre o PP, outro partido que se mostra cada vez mais distante dele e da oposição, Luciano Cartaxo repetiu o mantra do ‘diálogo’: “Temos dialogado nesse sentido, respeito o tempo e dinâmica própria de cada partido”.

GIRO PB