O papa Francisco lavará os pés de detentos de sete nacionalidades e quatro religiões nesta quinta-feira (29), em Roma, em uma das principais celebrações da Semana Santa.

Na tradicional missa de Lava-Pés, ou “In coena Domini”, o líder católico visitará a penitenciária Regina Coeli, o mais conhecido presídio da capital da Itália, e se ajoelhará perante 12 presos, todos homens.

A lista inclui quatro italianos, dois filipinos, dois marroquinos, um moldavo, um colombiano, um nigeriano e um leonês. Oito deles são católicos; dois, muçulmanos; um, ortodoxo; e um, budista. As informações são da Sala de Imprensa da Santa Sé.

Já a missa deve reunir 600 pessoas, entre detentos e agentes carcerários. Essa será a quarta vez desde o início de seu pontificado que Francisco celebra a missa de Lava-Pés em uma prisão.

Além disso, ele já visitou, na Quinta-Feira Santa, um local que atende pessoas com deficiência e um centro de acolhimento a solicitantes de refúgio. Com informações da ANSA.

Fonte: Notícias ao Minuto