REUTERS/Leonardo BenassattoMichel Temer, o governante mais impopular do mundo, que conquistou o poder por meio de um golpe e que já foi denunciado como corrupto e chefe de quadrilha, avisou a aliados que vai disputar a presidência da República em 2018 para defender o que fez no mandato usurpado da presidente legítima e honesta Dilma Roussef247 – Michel Temer, o governante mais impopular do mundo, que conquistou o poder por meio de um golpe e que já foi denunciado como corrupto e chefe de quadrilha, avisou a aliados que vai disputar a presidência da República em 2018 para defender o que fez no mandato usurpado da presidente legítima e honesta Dilma Rousseff.

A informação é do jornalista Marcelo Moraes. “Michel Temer já começou a avisar seus principais interlocutores que está disposto a disputar a reeleição presidencial. Apesar dos baixos índices de aprovação do seu governo – 6% segundo o último levantamento do Instituto Ibope -, o presidente acha que ninguém melhor do que ele será capaz de defender seu legado e sua própria honra. Mesmo sabendo que esse patamar de popularidade é um obstáculo pesado para sua candidatura, Temer acha que poderá melhorar de situação com a confirmação da recuperação da economia e com outras medidas que pretende adotar até o final de seu mandato”, escreve.