Com curadoria de Angela de Oliveira e coordenação da promotora de eventos e crítica de artes, Monica Ferrarini, o projeto cultural “Mares, Cores e Estrelas Guia”, com quatro anos de estrada e passagens por vários países, desembarca na cidade de Roma, capital da Itália, entre os dias 24 e 31 de março, na Arte Borgo Gallery, de propriedade de Anna Isopo, somente com obras selecionadas de artistas brasileiros.

“Para mim, é sempre um prazer estar em terras italianas para levar um pouco da arte brasileira ao País. Sem dúvida, será uma bela troca de cultura entres os amantes da arte em geral”, comenta Angela, idealizadora do projeto.

Segundo o colaborador e comissário de artistas brasileiros na Itália, Renato Donzell, que também terá suas obras expostas na mostra, o projeto é uma boa oportunidade para apresentar a nossa arte e cultura pelo mundo. “A iniciativa de elaborar um projeto como este em 2018, reunindo artistas brasileiros de várias cidades do Brasil para mostrar sua arte pelo mundo, é de fundamental importância para a nossa cultura. Estou muito feliz em poder participar deste projeto, porque vai exatamente ao encontro com os meus ideais de trabalhar com a arte e ser artista brasileiro aqui na Itália”.

E completa. “Os italianos gostam muito do Brasil e tem muita vontade de conhecer nosso País, que é considerado por eles como um lugar rico em cultura, arte, alegria e cores; mas precisam conhecer mais de perto a nossa arte”.

As artistas que participarão da mostra são Ademar dos Reis Moura; Alessandra Vaz; Amaury Santos; Ana Augusta; Angela Falcometa; Antonio Andrade; Antonio Filipak; Braulio Bittencourt; Carlos A. Moreira; Carlos Soares; Carmem Nicoli; César Justen; Cris Picerni; Consuli; Danilo Borges; Deca Torres; Denis Carvalho; Diego Mendonça; Edna Stradioto; Eliana Carvalho; Fábio Pantoni; Félix Sampaio; Francisco Antunes; Gabú Medeiros; Gilberto Rosado; Helena Cocentino; Hélio Boechat; Henrique Vieira Filho; Ingrid Chaves; João Macchado; João Moser; Jona; Lana Bittencourt; Leticia Moretzsohn; Lucimary Toledo; Marco Negrão; Mariá Mallmann; Mariângela Peixoto; Mauro Kersul; Nancy Passos; Nathalie Braga; Norma Vilela; Pamela Munhoz; Rafael Zafalon; Regina Moraes; Renata Cabral; Renato Donzell; Santto; Sibila Martins; Silvaney Vasconcelos; Sofia Parente; Valéria Totti; Wanessa Prado; Willian Júnio e Zélia Mendonça.

Destaque para a força das cores e da mulher nordestina – O destaque da mostra fica por conta da autodidata Renata Cabral, natural de João Pessoa, na Paraíba. A artista plástica, tem no universo feminino, a sua principal inspiração artística. Em suas obras, podemos identificar a feminilidade, a maternidade e a sensualidade em meio às cores vibrantes, assim como formas assimétricas, elementos sempre presentes.

Sua primeira exposição foi em 2014, na Flórida. Depois, seus trabalhos puderam ser conferidos em Portugal, Espanha e França. No Brasil, Renata domina o Nordeste com suas madonas neo expressionistas.

Fonte: Click PB