O governador Ricardo Coutinho (PSB) expediu mais um sinal de que deverá deixar o Palácio da Redenção para concorrer a uma vaga de senador nas eleições de outubro, ao antecipar entrega de obras públicas, dentro de um cronograma elaborado com rigor técnico. Ontem, o chefe do Executivo anunciou um pacote de 104 obras públicas que vão ser entregues até o mês de março deste ano. O prazo para a desincompatibilização de ocupantes de cargos executivos que vão disputar outros mandatos este ano é o mês de abril.

Ao fazer o anúncio, o governador socialista recorreu a uma fórmula que aprecia muito: elogiar o próprio governo e, por via de consequência, procurar demonstrar que a Paraíba está sendo beneficiada. Salientou como exemplo que o pagamento ao funcionalismo público continua sendo mantido em dia, apesar das dificuldades conjunturais que arrastaram alguns Estados influentes para o colapso. Em paralelo, os investimentos e materialização de obras seguem a todo vapor, ainda que às vezes com o recurso próprio, diante de entraves criados pelo governo federal para favorecer Estados como a Paraíba. A definição é do governador: “Estamos conseguindo fazer mais com menos. Apesar deste momento prolongado de crise econômica do país, a Paraíba mantém o ritmo de obras”.

Entre as obras previstas para inauguração estão o Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, somando R$ 406 milhões de investimentos, escolas, adutoras, barragens e estradas. O Hospital Dom José, localizado em Santa Rita, na região metropolitana de João Pessoa, representa mais de R$ 110 milhões de investimento, sendo R$ 70 milhões de estrutura e 40 milhões em equipamentos. Será a maior obra a ser entregue em março, dentro do cronograma. Acentua o gestor que o hospital vai ser uma referência em cardiologia e neurologia e fará a diferença na vida dos paraibanos. “Teremos um avanço extraordinário na Saúde Pública”, comemora.

Outras 40 obras, totalizando R$ 187 milhões, de responsabilidade da Suplan, serão repassadas à população, tais como a recuperação do aeródromo de Itaporanga e de Sousa, conclusão do Parque Linear Parahyba (segunda etapa), reforma do teatro Íracles Pires na cidade de Cajazeiras e conclusão da reforma da Funad em João Pessoa. No primeiro trimestre de 2018 serão entregues diversas obras que vão trazer segurança hídrica para as populações de várias cidades paraibanas. “O governo trabalha para melhorar a vida da população. Nosso Estado tem pressa em caminhar para a frente”, pontua Ricardo Coutinho.

Fonte Os Guedes