Ricardo diz que água da transposição precisa chegar a todo canto do Nordeste
O governador Ricardo Coutinho e o governador de Pernambuco, Paulo Campos, assinaram na manhã desta sexta-feira (12) o Termo de Cooperação entre os Governos da Paraíba e de Pernambuco para construção da adutora que levará água do Rio Paraíba para Barra de São Miguel-PB e Santa Cruz do Capibaribe-PE.

Durante a solenidade, o governador rebateu questionamentos feitos sobre a retirada de água do rio para abastecer cidades pernambucanas.
“Quando fomos tirar Campina Grande do racionamento se levantaram aqueles que se acham donos do povo, donos da cidade e houve a maior polêmica, que o caso teve que parar na Justiça. Agora, novamente, se tenta contaminar a mente sadia da população dizendo que você não pode tirar água de um canto mas pode retirar de outro. Isso é uma bobagem enorme. A água é a mesma. A água que passa lá na esquisa de Pernambuco está chegando aqui na esquina da Paraíba. A água que abastece Princesa Isabel, hoje, ela vem de Pernambuco e a água que vai abastecer Santa Cruz do Capibaribe tá vindo daqui porque ela passou por todo canal da transposição”, disse o governador.
E continuou: “Quando fizemos a adutora de Natuba, Umbuzeiro, nós fizemos a adutora e tinha lá uma ou duas comunidades de Pernambuco que precisavam de água e você não podia passar com uma adutora cheia de água e dizer que aquelas pessoas, por estarem no outro lado da divisa, não teriam direito a consumir a água. Isso é de uma visão completamente atrasada, equivocada, retrógrada”.
Paranoia – Para o governador, está havendo uma certa paranoia. “Parece que todo mundo quer dá palpite, todo mundo quer governar sem ser eleito. Política é a arte do voto, da demonstração do voto, da demonstração da prioridade do povo. Ou se respeita isso ou então se inverte tudo”, disse.
Segundo ele, a política não pode ser aquela coisa que todo mundo acha que não presta. “A política não pode ser a Geni. Se não fosse a política, Santa Cruz de Capibaribe não iria receber água. Isso é um produto da política. É a política que define o que pode avançar e é também a má política que faz com que haja retrocessos na vida do povo”, destacou.
Ricardo ressaltou, entretanto, que o importante agora é a celebração, hoje, da construção da adutora, que será feita pelo governo de Pernambuco e que vai beneficiar Santa Cruz do Capibaribe e outras cidades, que terão direito a água por conta da transposição do Rio São Francisco.
“O que precisamos, no Nordeste, é fazer com que essa água chegue em todo canto. É a solidariedade, a fraternidade, que tem que acontecer. E eu estou muito feliz. Sei que todos esses esforços, no meio dessa crise enorme que nós estamos vivendo, produto de muita coisa ruim que aconteceu pelo país, mas tudo isso vem para fortalecer aqueles que sabem o caminho e, mais cedo ou mais tarde, os frutos da semente aparecem”, ressaltou.
Ele parabenizou o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, pela construção da adutora que vai resolver o problema da falta de água na região polarizada por Santa Cruz do Capibaribe. “Quero parabenizar o governador Paulo Câmara em resolver um problema secular. O problema é muito fácil quando a gente vê as coisas feitas. Agora, para resolver, quando a gente olha para trás, demorou muito tempo. Está sendo resolvido agora. E barra de São Miguel, que é a nossa cidade aqui do nosso lado da Paraíba, depois de ter ganho o asfalto, também estará ganhando a água, porque hoje também estou assinando o início do processo licitatório para a estação de tratamento de água, que vai tratar a água que a adutora, que vai pegar a água em Boqueirão e vai levar para Santa Cruz do Capibaribe, e no caminho vai encontrar Barra de São miguel, essa adutora deixará aqui uma parte da água e essa parte da água servirá para matar a sede e as necessidades do povo irmão da Paraíba”.
Paulo Campos – O governador de Pernambuco, Paulo Campos, disse que o país precisa de governantes que sentem na mesa, conversem e encontrem soluções para os problemas da população, exatamente como a parceria celebrada hoje entre os dois estados. “São parcerias como esta que fazem bem ao Brasil. O país precisa disso. Precisa de governantes que sentem na mesa, conversem e que tenham soluções conjuntas para os desafios do povo dos seus estados. Estou muito feliz em está aqui com o companheiro Ricardo Coutinho, aqui na Paraíba. Daqui há pouco chego em Pernambuco para fazer esse grande anúncio, que com certeza é um anúncio muito esperado pela população do agreste”, declarou Paulo Campos.