Não tendo o que dizer de João Azevedo, seus adversários invadiram as redes sociais com a história de seus rendimentos.

Eu acho bom que falem de João. É sinal de que o menino de Cruz das Armas começa a incomodar os caciques que se julgavam donos da consciência do povo.

João não ganha nada ilegalmente.

É secretário da Infraestrutura e, como tal, ganha o salário de secretário.

Na condição de secretário da Infraestrutura, é o presidente natural dos Conselhos da Docas, da Cagepa e da Suplan.

O presidente desses Conselhos recebe um jeton por cada reunião.

Ele e os demais membros.

Os secretários que antecederam João Azevedo também receberam e nunca ninguém chiou.
João é professor concursado da Universidade e engenheiro aposentado da Suplan.

Queriam por acaso que ele abrisse mão do que a lei lhe assegura?

Sugiro inventarem outra coisa com João, porque essa não colou.

Gastaram cuspe e suor com uma denúncia sem futuro.

Não é João Azevedo quem está sendo procurado pelo Ministério Público Federal para devolver os 10 milhões da lama da Lagoa.