Água Branca perde um dos mais ilustre conterrâneo. Um exemplo de dignidade, sempre pronto a auxiliar o próximo com seu sorriso que iluminava a todos a sua volta e disseminando palavras de conforto a quem necessitava. Sua marca registrada foi fidelidade para com a família, seus amigos e principalmente na sua crença a DEUS. Deixa-nos uma imensa saudade e lembranças ótimas de convivência que ficarão guardadas para sempre.

Adeus amigo …

amigo

(…a última imagem que nos deixou… foi sempre assim…)

a redação.