O senador Romero Jucá  (PMDB-RR), líder do governo de Michel Temer e autor da frase “temos que estancar a sangria”, foi escrachado e humilhado durante um voo.

O peemedebista teve de ouvir questionamentos sobre sua atuação no golpe e, visivelmente inconformado,  tentou agredir uma passageira que protestava e filmava a cena.

A mulher foi aplaudida e, Jucá, vaiado.

PapoTV