A mesma blogueira que fez comentários racistas sobre a filha dos atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank num vídeo divulgado nas redes afirmou, em outro video, que a cantora Anitta é usuária de drogas. A popstar negou a acusação e lamentou que “calúnias absurdas” possam “tirar o foco do preconceito”. Outros famosos repudiaram o racismo sofrido pela criança.

Anitta manifestou sua indignação, em nota divulgada por sua assessoria de imprensa. De acordo com a artista, as acusações são mentirosas.

“A cantora lamenta profundamente que calúnias absurdas a seu respeito provenientes de correntes de seguidores e likes em redes sociais possam tirar o foco do preconceito, do crime repugnante de racismo e homofobia praticado contra crianças. Anitta se solidariza com todos os que sofrem ataques virtuais por meio das redes sociais e repudia qualquer tipo de preconceito, homofobia, racismo, injúria e mentira. Por fim, a artista faz um apelo para que os meios de comunicação e seus seguidores não deem espaço e credibilidade a discursos de ódio e aproveitadores dessa natureza”, afirmou o comunicado.

Em vídeo que veio à tona neste domingo, a blogueira e “socialite” que aparece nas redes com o nome de Day McCarthy faz ofensas pesadas à menina Titi, de 4 anos, filha de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso. “A menina é preta. Tem o cabelo horrível de pico de palha. Tem o nariz de preto horrível. E o povo fala que a menina é linda”. A divulgação das injúrias provocou revolta nas redes sociais. Nesta segunda-feira, Gagliasso prestou queixa contra a autora das ofensas.

Sobre Anitta, a “socialite” afirmou ter imagens que mostrariam a artista fazendo uso de entorpecentes. No entanto, nenhuma imagem foi divulgada. Day McCarthy disse que fãs pediram para “não vazar” os supostos vídeos. “O resto, eu não sei se fuma ou não. Eu não posso provar. Eu só falo realmente o que tenho provas”, disse a blogueira na rede social.

Fonte: iBahia