A fiscalização a qualidade dos serviços oferecidos pela operadoras de telefonia ficará mais rígida. A Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga irregularidades praticadas pelas operadoras pretende criar, em parceria com a Câmaras Municipais, Procon nos municípios para coletar reclamações.

O presidente da CPI, João Gonçalves, garantiu que o número de reclamações foi reduzido consideravelmente. O acompanhamento ocorre há três anos, na Assembleia Legislativa.

Em entrevista à MaisTV, canal de vídeo do Portal MaisPB, Gonçalves afirmou que a CPI sempre propôs uma ampliação dos investimentos no setor.

 

MaisPB