gatos

Equipes de fiscalização da Energisa realizaram operações de combate ao furto de energia nesta semana nos municípios de Cajazeiras e São José das Piranhas, no sertão paraibano. Durante as averiguações foram constatados furto de energia em um posto de combustíveis e duas residências de grande porte, entre outros.

A Polícia Civil, que é acionada neste tipo de operação, esteve nos locais e autuou em flagrante os responsáveis pelas fraudes. Eles podem pegar até oito anos de prisão, conforme o Artigo 155 do Código Penal. De acordo com a Energisa, o desvio de energia acaba sendo pago por todos os clientes, uma vez que parte do valor é acrescido à tarifa.

Segundo Fabrício Sampaio, gerente do Departamento de Combate a Perdas, da Energisa na Paraíba, os desvios praticados somente por estas três unidades consumidoras correspondem ao consumo mensal de 438 residências, que tenham um gasto médio de 120 kWh. “A estimativa é que tenham sido desviados mais de 52.800 kWh de energia, causando um prejuízo de aproximadamente R$ 35 mil por mês”, revela Fabrício.

Além de ser crime, vale lembrar que o furto de energia impacta na qualidade do fornecimento e oferece riscos à segurança. Denúncias podem ser feitas em qualquer canal de atendimento da Energisa de forma anônima.

Fonte: MaisPB