RÁDIO COMUNITÁRIA É IMPEDIDA DE TRANSMITIR AO VIVO SESSÕES DA CÂMARA MUNICIPAL DE JURU
A imagem pode conter: 1 pessoa, chapéu, árvore, grama, planta, céu, atividades ao ar livre, natureza e close-up

Causa estranheza à população da cidade de Juru, no Sertão da Paraíba, o impedimento de transmissão das sessões da Câmara Municipal através da Rádio Comunitária local, uma vez que todas as Casas Legislativas do país têm procurado levar suas ações aos cidadãos, a exemplo da TV Senado, TV Câmara, TVs Assembleias, etc. 

Pois, enquanto algumas Câmaras de Vereadores implantam Rádios Câmara, buscando dar transparência as propostas dos representantes da Casa do Povo, em Juru vive-se um verdadeiro retrocesso ao passado da ditadura, com censura aberta ao principal meio de comunicação que a cidade dispõe. 
Criada para proporcionar informação, cultura, entretenimento e lazer à população, há a aproximadamente dois anos a Rádio Barra FM é impedida de transmitir sessões da Câmara Municipal, em detrimento dos apelos feitos pelos representantes do Poder Legislativo local e pelo próprio povo.
Regulamentada pela lei 9.612 de 1998, de acordo com o estatuto a Rádio Barra FM teria por finalidade dá condições à comunidade juruense de ter um canal de comunicação inteiramente dedicado a ela, abrindo oportunidade para divulgação de suas ideias, manifestações culturais, tradições e hábitos sociais. 
De modo que a programação deveria ser pluralista, sem qualquer tipo de censura, e aberta à expressão de todos os habitantes da comunidade, cuja programação diária deveria conter informação e tudo aquilo que possa contribuir para o desenvolvimento da comunidade, sem descriminação de raça, religião, sexo, convicções político partidárias e condições sociais.
qualquer cidadão da comunidade é para ser dado o direito de emitir opiniões sobre quaisquer assuntos abordados na programação da emissora, bem como manifestar idéias, propostas, sugestões, reclamações ou reivindicações.
É lamentável, no entanto, que, na contramão da modernidade, os representantes do povo sejam impedidos de mostrar à sociedade juruense o seu desempenho parlamentar, uma vez que a não veiculação das sessões impede que chegue na residência do cidadão a informação dos trabalhos legislativos do vereador escolhido por ele. 
Sobre o assunto, veja abaixo o que diz o vereador Manoel Araújo em sua página oficial do facebook:
RÁDIO COMUNITÁRIA DE JURU PB. rádio esta que não vem atendendo os anseios da comunidade,,, diante de tantas reclamações por parte da sociedade civil do nosso município que repudia a decisão da diretoria,,direção que vem ferindo o próprio estatuto onde foi proibido várias divulgaçãoes, inclusive a transmissão das reuniões da câmara de vereadores aproximadamente dois anos. O povo vem se manifestando através de baixo assinando, eu e os demais colegas vereadores entramos com vários requirimentos aprovados com ofício anexos, porém tudo negado…lamentavellllll fica alguns seguimento sem vez e sem voz..,, a justiça seja feita…
A imagem pode conter: 1 pessoa, árvore, casa e atividades ao ar livre