Com um vestido rendado, superfeminino, sobreposto a uma blusa cor-de-rosa, Arvida Byström posa para a propaganda de uma marca de tênis. Mas um detalhe irritou muita gente nas redes sociais: as pernas não depiladas da modelo, de 26 anos. Houve até quem a ameaçasse de estupro, segundo ela relatou em seu perfil no Instagram.

Arvida, conhecida por questionar padrões de gênero e feminilidade, falou sobre os comentários de ódio:

“Minha foto da campanha do Superstar, da Adidas, teve uma série de comentários de ódio na última semana. Eu que sou completamente capaz, branca e cis, com a única característica não convencional de ter alguns pelos na perna. Literalmente, tenho recebido ameaças de estupro por mensagens diretas. ”, escreveu.

Em seu texto, a modelo aproveitou para fazer um exercício de empatia. “Não consigo nem começar a imaginar o que é não possuir todos esses privilégios e tentar existir no mundo. Enviando amor e tentando lembrar que nem todo mundo tem as mesmas experiências.”

Fonte: Extra