tecnologiaUm celular oferecido a preço baixíssimo. Um link para clicar e ganhar brinde. Um pedido de ajuda do amigo para transferência urgente de dinheiro.  Um aviso do banco para atualizar seus dados. Opa, você nem tem conta nesse banco? Pois todas estas abordagens criativas têm sido usadas pelos criminosos virtuais nos mais diversos aplicativos para clonar contas das redes sociais, roubar senhas, dados e acessar contas bancárias. Sabia que é possível ativar recursos existentes nos próprios aplicativos de mensagens para não se tornar a próxima vítima?

“A primeira medida é ativar corretamente os recursos de segurança do programa, como o cadastramento da autenticação em duas etapas e o registro de e-mail alternativo para recuperação da senha”, recomenda Rodrigo Nejm, psicólogo e diretor de Educação da SaferNet Brasil, associação civil de atuação nacional criada para o enfrentamento de crimes e violações aos direitos humanos na internet.

Confira o passo a passo para realizar essa configuração em alguns dos aplicativos mais populares:

Facebook

  • Clique em Configurações;
  • Selecione a opção Configurações da Conta;
  • Clique na opção Segurança e login;
  • Desça a tela e clique em Use autenticação de dois fatores;
  • Escolha entre as opções da segunda etapa de verificação, como mensagens de texto para o celular ou códigos de segurança emitidos pelo aplicativo;
  • Selecione a opção desejada e siga as instruções até a conclusão da ativação.

Instagram

  • Clique em Configurações no seu perfil;
  • Selecione a opção Autenticação de dois fatores;
  • Habilite o recurso Exigir código de segurança;
  • Insira um número de telefone válido para receber o código;
  • Aguarde o recebimento por SMS e, em seguida, digite o código enviado e confirme para concluir;
  • Se o código não chegar por SMS, selecione novamente a opção Autenticação de dois fatores e clique em Códigos de reserva;
  • Esse mesmo código terá que ser inserido sempre que você acessar sua conta de um novo dispositivo.

WhatsApp

  • Selecione Ajustes e clique na opção Conta;
  • Escolha Verificação em duas etapas;
  • Siga as instruções e registre uma senha com seis dígitos;
  • Ao final do processo, o sistema pedirá o cadastro de um e-mail para recuperação da senha em caso de esquecimento.

Gmail

  • Logado em sua conta no Gmail, selecione no menu superior Perfil e depois Minha Conta;
  • Clique em Login e segurança;
  • Role a tela e selecione Senha e método de login;
  • Clique em Verificação em duas etapas;
  • Insira o número do celular e selecione Mensagem de texto para habilitar o envio de SMS de confirmação;
  • Digite o código recebido por SMS e clique em Próxima;
  • Clique em Ativar.

Outra dica do especialista é guardar todas as informações recebidas. “Em caso de chantagem ou tentativa de golpe, a opção de enviar a conversa por e-mail é uma alternativa para ter o registro dos dados ou conversa e buscar ajuda em uma delegacia especializada em crimes virtuais”, acrescenta Nejm.

Atenção e bom senso completam a estratégia de segurança e defesa. No caso das solicitações de empréstimos urgentes, é provável que a conta do seu amigo ou familiar tenha sido clonada sem que a pessoa desconfie da ação. E você, confiando na origem do pedido, transfere o dinheiro… para a quadrilha. “Neste caso, assim como em pedidos de dados pessoais, é importante sempre ter cautela antes de tomar qualquer providência”, aponta o diretor da SaferNet Brasil. “Ligue diretamente para o familiar, ou amigo, ou encontre pessoalmente”, completa.

É importante também desconfiar de produtos vendidos a preços muito abaixo dos valores de mercado e promoções que prometem brindes ou sorteios – muitas vezes utilizando de forma fraudulenta logotipos e identidade visual similares às marcas originais. Com uma visita ao site do fabricante é possível confirmar a veracidade das mensagens. Nunca compre nada de fornecedores desconhecidos e sem referências.

Aguçar a curiosidade alheia é outra tática comum. Aplicativos que prometem revelar a senha de usuários do Facebook  ou identificar remetentes do Sarahah, aplicativo que possibilita enviar mensagens anônimas entre usuários, por exemplo, são iscas para que você instale vírus e arquivos maliciosos no seu aparelho. Para evitar dores de cabeça, baixe um antivírus e mantenha o sistema operacional atualizado. Não faça download de fontes pouco confiáveis, por mais tentador ou vantajoso que pareça. Isso pode salvar o seu dia – e a sua privacidade.