O técnico Tite divulgou nesta sexta-feira a lista com 24 jogadores convocados para os dois últimos compromissos da seleção brasileira nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018 contra Bolívia e Chile, dias 5 e 10 de outubro, respectivamente. Entre os atletas chamados, a maior novidade é o meia Arthur, do Grêmio, que recebe a primeira chance. E nomes como Fred (Dhakhtar Donetsk), Diego Tardelli (Shangdong Luneng) e Diego (Flamengo) estão de volta de volta. Danilo, lateral do City, entrou na vaga de Fagner, do Corinthians. O jogo contra os bolivianos será em La Paz, e o duelo com os chilenos será realizado na Arena Palmeiras, em São Paulo.
Tite, ao ser questionado sobre a convocação de Diego Tardelli, deixou claro que o atacante conhece bem o ambiente da Seleção. Mas o que acaba sendo importante mesmo é o grande momento que ele vive com a camisa do Shandong Luneng na China.
– Diego Tardelli tem uma história na Seleção muito boa. É um legado do Dunga em suas convocações, jogando bem. Enfrentei ele no Atlético-MG, era um terror para jogar contra. Números extremamente expressivos. Nos últimos quatro meses, foram 11 gols em 13 jogos. Joga de externo ou por dentro – disse Tite.
Sobe o meia Diego, que também ganha nova oportunidade na Seleção, Tite ressalta a qualidade do jogador e deixa claro que a camisa do Brasil não fica “pesada” nele:
– Faltam nove meses, precisamos de jogadores preparados. Tem muita qualidade, mesmo não estando na plenitude. Começou a temporada muito bem e tem participações boas na Seleção. A camisa do Brasil não fica pesada nele.
A seleção brasileira garantiu de forma antecipada a classificação para a Copa do Mundo da Rússia, além da primeira colocação nas eliminatórias. A equipe de Tite soma 37 pontos e tem dez a mais do que o Uruguai, segundo colocado com 27 pontos. Os próximos adversários do Brasil têm situações distintas. A Bolívia não tem mais chances de classificação, e o Chile ainda luta por vaga direta no Mundial ou, pelo menos, a repescagem.
Durante a coletiva de imprensa, o coordenador de seleções, Edu Gaspar, afirmou que o jogador que levar cartão vermelho no jogo contra o Chile automaticamente estará suspenso da primeira partida da Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Porém, quem acumular o segundo cartão amarelo não ficará impedido de jogar na primeira rodada do Mundial.
om a classificação confirmada à Copa de 2018 e atualmente ocupando o segundo lugar no ranking da Fifa – a Alemanha está na liderança -, o Brasil será um dos cabeças de chave na Rússia. A Fifa divulgou nesta quinta-feira o critério para escolher os cabeças de chave. Assim como nos últimos dois Mundiais, o ranking de outubro (a ser divulgado no dia 16/10) será definitivo para o sorteio. Os sete primeiros colocados, mais a Rússia (país-sede), terão o privilégio na cerimônia marcada para o dia 1º de dezembro, em Moscou.
Confira a lista de convocados:
Goleiros:
Alisson (Roma)
Cássio (Corinthians)
Ederson (Manchester City)
Zagueiros:
Marquinhos (PSG)
Miranda (Inter de Milão)
Thiago Silva (PSG)
Jemerson (Monaco)
Laterais:
Daniel Alves (PSG)
Danilo (Manchester City)
Marcelo (Real Madrid)
Filipe Luis (Atlético de Madrid)
Meias:
Arthur (Grêmio)
Diego (Flamengo)
Casemiro (Real Madrid)
Fernandinho (Manchester City)
Paulinho (Barcelona)
Renato Augusto (Beijing Guoan)
Philippe Coutinho (Liverpool)
Willian (Chelsea)
Fred (Shakhtar Donetsk)
Atacantes:
Diego Tardelli (Shangdong Luneng)
Neymar (PSG)
Gabriel Jesus (Manchester City)
Roberto Firmino (Liverpool)
Fonte: Globoesporte – Publicado por: Gerlane Neto