O voo entre João Pessoa e Buenos Aires é um marco histórico e polêmico para o turismo na Paraíba: será o primeiro internacional e regular.

Mas a novidade vem trazendo discórdia entre os colunistas sociais da Paraíba. A troca de farpas entre os colunistas Gerardo Rabelo e Abelardo Jurema, ambos do jornal Correio da Paraíba, começou após governador Ricardo Coutinho lançar na última quarta-feira (14), o voo inaugural da Gol Linhas Inteligentes entre Buenos Aires e João Pessoa, que vai ter início no dia 1º de julho.

O evento de lançamento do voo ocorreu na Embaixada do Brasil na Argentina e contou com a presença do embaixador do Brasil em Buenos Aires, Sérgio França Danese, do gerente de Relações Institucionais da Gol, Bhrener Matos, e do diretor de Promoção da Embratur, Gilson Lira.

Também estiveram presentes na solenidade, secretários, o trade paraibano, e uma delegação da imprensa, composta por cinco jornalistas da Paraíba.

O colunista Gerardo Rabelo, publicou em sua coluna: “O governador Ricardo Coutinho convidou jornalistas e parceiros para festejar o voo inaugural da Gol… Vem muito elogio a RC por aí…” dando a entender que os jornalistas estavam presentes para elogiar o trabalho do governador Ricardo em seus veículos.

Com isso Abelardo, rebateu em sua coluna que o jornalista Gerardo Rabelo se equivocou ao concluir que “agora vão chover elogios ao governador Ricardo Coutinho”. Aberlado afirmou que e a delegação de jornalistas serviu para testemunhar e cobrir um evento importante para a Paraíba, com reflexos imediatos em seu turismo e em sua economia”

Confira texto completo de Abelardo Jurema

A propósito da viagem à Buenos Aires de um grupo de cinco jornalistas convidados pelo governo do Estado para a solenidade de assinatura do contrato com a empresa aérea Gol, garantindo o primeiro voo internacional regular de João Pessoa, o jornalista Gerardo Rabelo equivocou-se ao concluir que “agora vão chover elogios ao governador Ricardo Coutinho”. Isso não deverá acontecer. A delegação, composta por profissionais experientes como Fabiano Gomes, diretor de programação da TV Correio, Wálter Santos (Wscom e revista Nordeste), Alex Filho (TV Máster)
e Elton Santana (mídias eletrônicas e radialista), além do editor da coluna, não foi convidada para elogiar o governador e, sim, para testemunhar e cobrir um evento importante para a Paraíba, com reflexos imediatos em seu turismo e em sua economia. Além do que, o governador Ricardo detesta bajulação e elogios fáceis.

 

Fonte: Polêmica Paraíba