tasso

“Estou preocupado com esse novo roteiro do TSE. Se absolver Temer e Dilma, a casa cai”, diz Tasso Jereissati (PSDB-CE); tucanos temem que novas denúncias chamusquem ainda mais o partido e pensam em lançar Tasso Jereissati como candidato em eventual eleição indireta.

Michel  Temer conta com a absolvição no julgamento da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral para ganhar sobrevida no Planalto. Mas caso escape ileso pelo julgamento no TSE, vai enfrentar outro problema: o PSDB, capitaneado por Tasso Jereissati (PSDB-CE), deve pular fora do governo.

“Estou preocupado com esse novo roteiro do TSE. Se absolver Temer e Dilma, a casa cai”, disse Jereissati em entrevista ao jornal O Globo. 31 dos 46 deputados tucanos seguem a orientação dos senadores do PSDB e querem abandonar Temer. Com mais um denúncia de Rodrigo Janot prestes a sair do forno, o PSDB  teme ser dizimado por mais denúncias.

Além disso, o partido tucano cogita lançar Jereissati como candidato na eleição indireta, caso Temer caia. Os ministros do PSDB no governo estão divididos sobre a ideia de deixar Temer. Aloysio Nunes quer ficar, Antônio Imbassahy acha as acusações juridicamente infundadas e Bruno Araújo oscila a cada segundo, sem saber se fica ou sai.

Brasil 247