Reina silêncio no seio tucano e nos rincões do PMDB paraibanos. Silêncio de cemitério, de alma penada que sequer consegue chorar.O país pega fogo de um canto a outro, mas na Paraíba a noite cai sem um ruído. O que está acontecendo, por que esse silêncio tão profundo?
**
Como estarão os corações de Cássio Cunha Lima, de Zé Maranhão,de Raimundo Lira, de Pedrinho,de Efraimzinho, de Aguinaldinho e dos outros menos citados, mas não menos ardorosos,amantíssimos e defensores do senhor Michel Temer, o presidente, segundo eles, ético, honesto e que teria vindo moralizar o Brasil?
**
E aquelas imagens, aqueles selfs, aqueles vídeos,aqueles joelhos atolados na lama de Boqueirão, aqueles rapapés, aqueles salamaleques, aqueles cafunés, aqueles canapés, aqueles tudos no cocoruto do presidente? Vão continuar ou vão se afastar do homem?
**
Eu arrisco um palpite: todo mundo vai pular fora. Não existe amizade verdadeira, amizade que leva os amigos ao ferimento grave, ao sangue derramado, a declaração de guerra para defender o outro. Não existe na político, faço questão de frisar, porque fora dela ainda se consegue encontrar quem aja assim.
**
Andei pelos portais do sul, do norte, do leste e do oeste, tentando encontrar alguma declaração de apoio a Temer, dada por algum político da Paraíba. Não encontrei uma vírgula. Claro que eles são inexpressivos lá fora,não têm o mesmo peso que ostentam na terrinha.Mas mesmo assim procurei.E nada achei.Nem sombra deles.
**
Voei para cá e aconteceu a mesma coisa.Sumiram, se escafederam, emburacaram no oco do mundo, foram levados pela tempestade dos ventos,viraram sombras silenciosas.
**
Minto, Efraimzinho se pronunciou. Ele admite no Blog do Gordinho que poderá haver uma investigação para apurar o crime de Temer. Mas que seja uma investigação serena, profunda e calma, nada de açodamento como ocorreu no caso Dilma, com ele Efraimzinho à frente, cortando o pescoço da moça com um facão rabo de galo sem qualquer indicio de prova contra ela.
**
Mas só foi ele. O resto ficou na dele, esperando, aguardando, se cagando, tremendo que só vara verde, tomando canja de galinha, chá de cidreira,de capim santo, de marcela, de coentro, da gota serena, para não tremer, se cagar nas calças, etc e coisa e tal.
**
O governador Ricardo Coutinho mais uma vez mostrou à Paraíba porque é diferente dos outros políticos da terrinha.Manteve sua coerência, não foi se jogar aos pés de Temer e sai por cima da carne seca nesse episódio vergonhoso desse presidente toqueiro.
**
E vamos às ruas evitar que os velhacos deem outro golpe.