Estuprador tenta fugir correndo a pé e PRF usa bike para prendê-lo
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um estuprador de vulnerável durante uma fiscalização de rotina no início da tarde de hoje. Esta foi a terceira prisão feita pelo órgão nos últimos 15 dias de pessoas que cometeram o mesmo crime. O homem era passageiro de um ônibus que fazia linha interestadual. A prisão ocorreu na BR 101, em Mamanguape, Zona da Mata Norte da Paraíba.
O pedreiro, de 24 anos de idade, e baiano da cidade de Cachoeira, viajava em um ônibus da empresa Trans Brasil, que fazia a linha entre Natal (RN) e Goiânia (GO). O destino final do passageiro era a cidade de São Felix, na Bahia, onde reside. Mas a viagem foi interrompida na Paraíba; mais precisamente no quilômetro 38 da BR 101. Os agentes da PRF haviam parado o ônibus por conta de uma infração de trânsito cometida pelo motorista. Durante a fiscalização alguns passageiros desembarcaram para dar aquela esticada nas pernas; um deles exagerou. Os policiais perceberam que um deles corria pelo acostamento da rodovia e já estava a vários metros de distância. Qual seria o motivo da fuga? Até ali os PRFs não sabiam. No mesmo instante ia passando um cidadão em uma bicicleta e, tal qual nos filmes norte americanos, onde os “tiras” requisitam carros para perseguirem os fugitivos, o policial rodoviário federal requisitou a bike para alcançar o homem. Alguns metros depois ele foi pego. Quando os policiais pesquisaram a ficha dele, descobriram que o mesmo fora condenado pelo crime de estupro de vulnerável (menores de 14 anos) e tinha dois mandados de prisão contra si, expedidos pelo Tribunal de Justiça da Bahia. Ele estava foragido desde setembro de 2015.
A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia da Polícia Civil de Mamanguape, onde aguardará transferência para a Bahia.