© Antonio Cruz / Agência Brasil

 

Atos em favor da Operação Lava Jato, convocados pelo movimento Vem Pra Rua, neste domingo (26), foram marcados pela baixa adesão de manifestantes nas principais cidades do país.
No Rio de Janeiro, o protesto que ocorreu na orla de Copacabana, na Zona Sul da cidade, terminou por volta das 13h. Foram usados cinco carros de som espalhados ao longo de cinco quarteirões.
Adriana Balthazar, coordenadora do movimento no Rio, admite que o protesto foi menor do que outros já organizados pelo Vem Pra Rua.
“Esses movimentos são cíclicos. No ano passado, a pauta era uma, o impeachment, agora são várias, então as pessoas ficam mais perdidas.”
O protesto em frente ao Congresso Nacional, em Brasília, contou com cerca de 500 pessoas, segundo a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal. Certamente a adesão não correspondeu à expectativa dos organizadores, que pediram ao órgão um efetivo capaz de atender a 100 mil pessoas.
O ato também critica o novo projeto de terceirização, prega o fim do foro privilegiado dos votos em lista fechada.
Em Belo Horizonte, o protesto do Vem Pra Rua aconteceu na Praça da Liberdade, região centro-sul da capital mineira. Os organizadores relatam que 3 mil pessoas participaram da manifestação. A Polícia Militar (PM), no entanto, não divulgou ainda o número de presentes.
A manifestação em São Paulo começou por volta das 14h, na Avenida Paulista. Ainda não foi informado o número oficial de participantes.
Notícias ao Minuto