A ensolarada manhã que abriu a segunda sessão de testes de pré-temporada da F1 teve Red Bull e a Williams como os grandes destaques nesta terça-feira (7). Sebastian Vettel e Lewis Hamilton, respectivamente pilotos da Ferrari e Mercedes, andaram bem e não enfrentaram maiores problemas, mas os grandes destaques deste primeiro período em Barcelona foram Daniel Ricciardo e Felipe Massa. O australiano liderou praticamente toda a manhã de testes no circuito catalão e teve a chance de, pela primeira vez na pré-temporada, apresentar a força da Red Bull em termos de performance em voltas rápidas. Mas, na meia-hora final, Massa assumiu a liderança da sessão ao registrar, com pneus supermacios, 1min19s726, apenas 0s021 mais rápido que o melhor tempo da pré-temporada até agora, estabelecido por Valtteri Bottas na terça-feira passada.

Massa impressionou. Uma semana depois de completar as primeiras voltas com o novo FW40, o piloto da Williams teve grande performance nesta manhã com um carro equilibrado e que dá a primeira impressão de ser muito bem-nascido. Felipe sempre andou entre os primeiros colocados e, com pneus macios, o brasileiro chegou a ficar apenas 0s007 atrás do tempo registrado por Ricciardo, deixando para trás os carros de Mercedes e Ferrari, em teoria mais fortes que a Williams neste começo de ano. Até que veio a grande marca da manhã, feita por Massa com os compostos supermacios. No fim, Ricciardo até esboçou uma reação ao sair dos boxes com os pneus ultramacios, mas o brasileiro manteve a ponta pela manhã.

Hamilton, sem grandes problemas, fechou a manhã em terceiro, logo à frente de Vettel, que foi o dono da maior quilometragem nesta manhã, ultrapassando a distância de uma corrida em Barcelona, ou 66 voltas completadas. O tetracampeão realizou 76 voltas neste primeiro período. Esteban Ocon, da Force India, completou o rol dos cinco primeiros colocados.

Fonte: Grande Prêmio