paim_cpi_previdencia

Após a festa de Rei Momo, mais objetivamente em 6 de março, o Senado Federal deverá instalar a CPI da Previdência Social.

A informação é da Associação Nacional dos Aposentados e Pensionistas (ANASPS)

Segundo a entidade, juntamente com o senador Paulo Paim (PT-RS), foram conseguidas duas a mais que as 27 assinaturas necessárias para a abertura de CPI.

“O governo diz que a Previdência é deficitária, mas nós dizemos que é superavitária. Queremos, então, tirar a prova e saber quem são os maiores devedores, além de entender como é a história das fraudes, sonegações e anistias”, afirma Paim.

O presidente da Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas (COBAP), Warley Martins, acredita que a cobra vai fumar no Congresso Nacional. “Vamos provar de uma vez por todas que não existe déficit na Previdência. Não tem rombo, tem roubo. Muita gente vai parar na cadeia. Será pior que a operação lava-jato”.

O Senado terá até 120 dias para concluir a investigação na Previdência Social.

Fonte: Blog do Esmael