mairylane-thais

Foi apreendido na tarde desta sexta-feira um dos acusados de ter assassinado uma estudante universitária na noite de quarta-feira(15) no bairro do Tambiá. A estudante Meirylane Thaís cursava biomedicina e seguia para a universidade particular onde estudava, quando foi assassinada com um tiro na cabeça após supostamente ter reagido a um assalto.

Segundo informações apuradas pelo Portal Polêmica Paraíba com o coronel, Lívio Delgado, a prisão foi realizada graças a uma denuncia de que os responsáveis pelo crime estariam se escondendo na comunidade Porto do Capim. Durante uma ação na comunidade a polícia conseguiu encontrar os dois acusados pelo crime, mas um deles conseguiu fugir enquanto o outro, o menor A. L. de 17 anos foi apreendido.

O jovem foi levado a delegacia do menor onde confessou o latrocínio e que estaria pilotando a moto durante o crime. O rapaz também confessou o nome do companheiro que teria assassinado a estudante . Segundo o capitão Isaías Souza, da 3ª Companhia do 1º Batalhão, “o adolescente contou que eles estavam atrás de dinheiro para ir a uma festa, aí disse que quando passaram pela jovem, o garupa mandou que ele voltasse para roubar o celular dela e que só escutou o disparo, tendo questionado momento depois da fuga, se ele tinha matado a garota”.

A polícia agora está em busca do outro acusado, além da moto e da arma usados durante o crime.

Fonte: Redação Polêmica Paraíba