Três deles estavam escondidos no Sítio Santo Antonio, na  zona rural de Imaculada, que faz fronteira com a cidade pernambucana onde ocorreu os crimes.

Por Nill Júnior

A Polícia Militar confirmou na manhã desta terça-feira (29/11), a prisão de cinco homens acusados de participar da chacina em Santa Terezinha, no Sertão de Pernambuco, no último domingo (27).

As primeiras informações dão conta de que o serviço de inteligência do 23º BPM conseguiu identificar onde eles estariam escondidos. Os nomes ainda não foram divulgados.

Participaram da operação, as equipes do GATI, com apoio de PMs da Paraíba e o Delegado Cristiano Silva, que atua no estado vizinho. Com eles, a polícia encontrou quatro revólveres, uma pistola calibre .40, uma pistola calibre 765 e uma espingarda calibre 12 de fabricação caseira, boa quantidade de drogas e dinheiro.

Três deles estavam escondidos no Sítio Santo Antonio, na zona rural de Imaculada, que faz fronteira com a cidade pernambucana onde ocorreu os crimes. Os outros dois foram encontrados no Bairro Vila Rica, Santa Terezinha. Todos estão sendo levados para a Delegacia de Princesa Isabel, onde serão autuados por porte de armas, tráfico de drogas e formação de quadrilha. Depois, com o apoio de Dr. Ubiratan Rocha, serão autuados pelo triplo homicídio.

Por Nill Júnior

Os corpos dos três jovens mortos na manhã deste domingo (27/11) na chacina em  Santa Terezinha/PE foram encaminhados para o IML de Caruaru.

Os nomes das vítimas fatais foram confirmados pela polícia: Jucélio Simões Soares, 24 anos, Fernando Alves Cassiano, 18 anos e José Lucas Gonçalves, 18 anos. Todos eram solteiros e não tinham ocupação definida.

Jhonathan Rodrigo Bernardino, 18 anos, ainda foi baleado no braço e não corre risco de morte.

Policiais militares realizam buscas na região e contam com apoio da PM paraibana. O prefeito do município, Delson Lustosa, informou que pedirá apoio ao governador Paulo Câmara.

Os três foram mortos esta manhã na cidade. Os responsáveis pelos homicídios aproveitaram a troca de guarda de policiais para realizar a ação. A população de pouco mais de 11.500 habitantes ainda está muito assustada.

Pelo que o blog apurou, o crime pode ter sido um acerto de contas. Parte das vítimas teria passagem pela polícia. Uma casa que tinha motos também foi incendiada. A polícia investiga se era objeto de furto ou roubo.