O secretário de Segurança da Paraíba, Cláudio Lima, contou na noite desta segunda-feira, 21, o procedimento da Polícia Civil paraibana na investigação que prendeu os dois acusados do assassinato da jovem Vivinny Crisley, que estavam foragidos e foram presos hoje em comunidade no Rio de Janeiro. Em entrevista ao Conexão Master, da TV Master, ele disse que dois agentes foram ao Rio para participar da prisão dos acusados.
Ele disse que não pode contar os detalhes de toda a investigação, mas comemora a ação exitosa da PC. Lima destacou que Jobson Barbosa da Silva Júnior e Fagner das Chagas Silva já foram detidos anteriormente por assalto e afirmou que eles estarão de volta ao estado até amanhã e, logo, serão apresentados a imprensa.
“Acredito que agora poderemos desvendar o caso, porque Alex já mudou o depoimento pelo menos três vezes, ele mente muito e agora teremos a oportunidade de saber p que aconteceu com a Vivianny naquela noite, certamente, ela não sabia que eles eram tão perigosos quando saiu com eles naquela noite, há um mês”, disse. Do site Polêmica Paraíba.